Evite os erros mais comuns no Inbound Marketing

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on email
Share on print

erros-inbound-marketing

Baseada na ideia de compartilhamento e criação de um conteúdo de qualidade direcionado para um público-alvo, o Inbound Marketing é uma tática de marketing que se baseia em ganhar o interesse das pessoas ao invés de comprá-lo 

E que tal falar sobre os equívocos mais comuns que iniciantes comentem quando colocam em prática esse tipo de estratégia? Confira 8 dicas para você evitar e identificar rapidamente quando se deparar com os erros.

1 – Tomar ações sem planejar
Planeje ações com calma, foco e corretamente. No Inbound não existe o “depois eu dou uma ajeitadinha”. Fazer um calendário editorial para a produção do conteúdo e dos materiais é um bom caminho. Programe e amarre suas ações para terem o efeito esperado.

2 – Querer fazer tudo ao mesmo tempo ou abraçar o mundo
O erro mais comum de quem começa a praticar o Inbound é querer fazer tudo e tudo ao mesmo tempo. Take it easy! Não tente criar várias campanhas de uma só vez, mesmo que o empreendimento tenha vários produtos/serviços a serem divulgados ou vários públicos-alvo diferentes.

Para facilitar, cruze as informações e comece pelo produto e persona (público-alvo) de maior importância. Na primeira campanha faça passo a passo e bem devagar. Só depois de fechar a sua estreia, parta para outras. Essa será um experimento, aprimore todos os pontos e então siga em frente.

3 – Não estudar a persona

Vamos reforçar que público-alvo é a mesma coisa que persona, Ok? Definir a persona é prioridade no Inbound Marketing; uma vez que todas as ações são baseadas no perfil do seu público. Lembra da perguntinha “você sabe com quem está falando? É mais ou menos isso, só que fica assim: você sabe para quem está falando?

Na hora de comunicar, de mandar a sua mensagem, de desenvolver seu conteúdo; faça pesquisas com os atuais clientes, recolha informações com os funcionários que lidam diretamente com eles, não tenha medo de gastar o seu tempo identificando padrões e as dúvidas de sua demanda.

4 – Pensar que a automação e tecnologia dão conta do recado sozinhos
As ferramentas de automação são uma mão na roda, mas não pense que elas farão tudo por você. Para ter sucesso no Inbounding, além de tecnologia, é preciso ter: personalização; humanização; conteúdo; relevante; análise; dedicação e relacionamento. Por trás das ferramentas é preciso haver uma mente pensante e muito planejamento.

5 – Achar que o resultado é imediato
Os resultados com o Inbound são reais, mas estão longe de serem imediatos. É preciso paciência e um médio prazo para começar a colher os frutos. Não espere lucro na primeira semana; é trabalho de formiguinha. Lembre-se disso!

6 – Não criar conteúdo de qualidade e frequentemente
O conteúdo relevante é a base do marketing moderno. Não tem como fugir disso. É preciso investir em textos bem elaborados e bem escritos, captar e difundir informações de qualidade e direcionada ao seu público-alvo.

A regularidade das postagem também é fundamental. Faça um cronograma para o seu blog e redes sociais.

7 – Não ter uma equipe coesa, inclusive com marketing e vendas logo no início
Para o Inbound funcionar todos os canais precisam estar alinhados. Isso vale para uma empresa maior ou até para um MEI. As pessoas precisam estar integradas, as ações também. Todos pessoas/setores precisam saber o que é este novo marketing e como funciona, Incluindo o setor de vendas.
Afinal, a estratégia deve ser única e nenhum dado pode se perder, para a correta mensuração dos resultados.

8 – Ignorar os resultados e não adotar melhorias na estratégia
Analisar os resultados e propor melhorias devem ser ações constantes, a serem realizadas ao final de cada etapa da estratégia do Inbound. Executando e mensurando números, você tem a noção do que foi conquistado e o quê precisa ser alcançado.

Fonte: Revista Wide

WhatsApp chat