COVID-19 Continuação de Serviços - Projetos novos e existentes irão continuar conforme planejado, clique aqui para ler sobre as medidas que estamos tomando

Vender em sua própria loja virtual é melhor do que em Marketplaces?

Vender em sua própria loja virtual é melhor do que em Marketplaces?

Por que você deve criar sua própria loja virtual e fornecer uma experiência personalizada de comércio eletrônico quando existem marketplaces como Amazon e Americanas, disponíveis?

1. Evite taxas de plataforma de até 60%

Em primeiro lugar, são as taxas do marketplace. O uso do público-alvo e da infraestrutura preexistentes tem um custo, às vezes quase metade da receita. Taxas de 30% são comuns para iniciantes e algumas marcas cobram até 60% em taxas para usar sites de alta demanda. Se você pode direcionar seus clientes diretamente para a sua loja virtual em vez de comprar em um marketplace, não precisará pagar taxas de plataforma ou comissão por cada uma das suas compras já conquistadas.

Ganhe toda a sua receita e consiga preços competitivos sem precisar calcular o corte da plataforma. Você pode cobrar a mesma quantia ou menos do que cobraria no marketplace, mantendo significativamente mais receita.

2. Fique livre de políticas restritivas

Outro limitador sério ao vender em um marketplace são as políticas restritivas. Talvez você não tenha permissão para solicitar avaliações ou oferecer incentivos, como faria em sua própria loja virtual. Você não pode usar certas palavras ou fazer certas garantias. Você pode estar limitado a usar as categorias e designações disponíveis em uma plataforma comercial compartilhada. Essas são maneiras pelas quais a plataforma impede que os vendedores obtenham uma vantagem ou diminuam o equilíbrio da influência do marketplace.

No entanto, em sua loja virtual, você pode criar as listagens mais adequadas para seus produtos. Você pode solicitar comentários e oferecer ofertas especiais. Você pode ter muitas ou poucas fotos, postar vídeos de produtos e compartilhar informações que podem não ser permitidas em um marketplace. Você pode usar as categorias e tags que fazem mais sentido para seus produtos e são intuitivas para o seu público. E você pode alterar suas táticas sem precisar verificar uma lista de restrições do marketplace.

3. Crie uma experiência personalizada para o cliente

Os marketplaces também são limitados por sua própria plataforma. A experiência dos clientes nas compras é a mesma de um vendedor para o outro. Os layouts de página do produto são os mesmos de um produto para o outro. Os recursos de pesquisa, o conteúdo da lista e os widgets de compras úteis são todos limitados aos padrões do marketplace.

Seus clientes podem ter mais. Com uma loja virtual própria, você pode criar algo superior ao marketplace. Você pode criar em seu site uma experiência mais suave e agradável para seu cliente e ter melhores resultados de vendas do que as plataformas genéricas.

4. Cultive e mantenha seus próprios clientes

Todo o plano de negócios de um marketplace é cultivar clientes para o próprio marketplace; clientes dos quais os vendedores dependem. Quando seus compradores podem encontrar seus produtos apenas no marketplace, eles precisam ir lá para comprar seus produtos. Pior ainda, você deve pagar a comissão para continuar obtendo vendas que seus produtos conquistaram por conta própria.

É por isso que os marketplaces são melhores para impulsionar novas marcas e para fins de marketing, mas eles são rodas de treinamento. À medida que sua marca ganha popularidade, rapidamente torna hora de criar sua própria plataforma de comércio eletrônico para se beneficiar totalmente de seu sucesso.

Leia também: Quais tipos de estoque você pode ter em seu e-commerce

5. Crie sua identidade de marca independente

Pode ser difícil criar uma marca distintiva sob o teto de um marketplace. Como cada página de listagem tem a mesma aparência, você tem muito pouco espaço para mostrar sua marca e aumentar essa conscientização com seu público, mesmo com clientes que já compraram e gostaram de seus produtos. 

Ter sua própria Loja Virtual oferece a liberdade de criar verdadeiramente a identidade da sua marca. Todas as cores, todas imagens usadas em sua loja virtual reforçarão a marca na mente de seus clientes. Você pode personaliza seu blog, suas páginas e listagens de produtos.

6. Acompanhe sua própria análise de desempenho

As análises são o que mostra como seus produtos e marketing estão indo online. O Google Analytics pode informar quantos clientes clicam no link do seu produto e quanto tempo eles gastam lendo as descrições dos produtos. Os insights das boas análises de sites são essenciais para aprimorar tanto o seu conteúdo quanto os esforços de marketing. O problema é que muitos marketplaces oferecem apenas opções de análise seletiva. Você não pode analisar todos os dados nativos porque é um convidado do marketplace. Você perde o acesso a informações importantes que suas próprias análises locais poderiam fornecer.

7. Maior controle sobre promoções e eventos

A maioria dos marketplaces tem sérias restrições à promoção. Na maioria das vezes, você só pode reduzir os preços. Você pode nem ter permissão para oferecer tipos específicos de promoções por causa das políticas do marketplace. Tudo bem, é o que acontece quando você vende sob o teto de outra marca. Mas você pode ter essa liberdade para promover e sediar eventos.

Com sua própria loja virtual, você pode assumir o controle total das táticas de venda e engajamento com o cliente. Você pode criar anúncios especiais na página inicial e usar táticas que não são permitidas em plataformas de marketplace. Crie suas ofertas, descontos e bônus para motivar melhor seus compradores e aumentar suas vendas

8. Use seu site como uma plataforma de marca

Por fim, vender seus produtos em sua própria loja virtual oferece a oportunidade ampliar suas opções. Seu site não precisa se limitar apenas à loja virtual. Também pode se tornar uma plataforma para hospedar e vender conteúdo. Pode se tornar um centro de informações e atendimento ao cliente e lançar novos produtos e serviços

Como você deseja que sua marca cresça, isso pode ser feito com mais facilidade em um site que você projeta e controla. Se você deseja ramificar ou usar seu site como uma plataforma para promover todos os aspectos da sua marca, você pode.

As plataformas de marketplace têm seu papel no setor. Eles são bons para vendedores independentes e novas marcas que ainda não têm visibilidade online. Eles são ótimos para promover uma pequena seleção de seus produtos para atrair compradores do marketplace para comprar diretamente de sua loja. Mas eles nunca devem ser o único caminho de venda para uma marca que está ganhando reconhecimento e fidelidade do comprador. Com sua própria loja virtual, você pode vender diretamente e cultivar um relacionamento com seus clientes.

Para ter mais informações sobre como ter sua própria loja virtual ou obter uma consulta sobre a criação de um site para seu negócio, entre em contato conosco agora!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Adoraríamos conversar com você sobre seu projeto

Ligue para: (32) 98404-9447

WhatsApp chat